Ansiedade na Pandemia de Covid-19

Apesar da Ansiedade ser uma manifestação natural do nosso corpo, as vezes ela pode ser provocada por situações do atual presente. Diante do novo Coronavírus (Covid-19), aprender a lidar com seus sintomas é muito importante, pois assim poderá evitar impacto na saúde mental.

É normal as pessoas terem medo de algo desconhecido, porém o medo, a insegurança do futuro diante a Covid-19 vem aumentando em todo o mundo, gerando assim, pessoas mais ansiosas e sem esperança no amanhã, abrindo margens para transtornos mais preocupantes do que a própria Ansiedade, como a Depressão, mas sobre isso, falarei num próximo momento.

Confira abaixo, orientações de como poder identificar e controlar sua ansiedade durante esse período de quarentena.

Lembrando que são apenas alguns pontos para identificação e controle. Esse informativo não é e nem pode ser utilizado para diagnóstico e tratamento. Para isso, procure um profissional de Psicologia para lhe acompanhar da melhor maneira e com eficaz.

Sinais de identificação de Ansiedade durante a pandemia:

1- Nervosismo,

2- Dificuldade de concentração,

3- Medo constante,

4- Irritabilidade e Agitação,

5- Insônia,

6- Cansaço além do costume.

Como controlar a Ansiedade diante da pandemia:

1- Separe o que você pode controlar (lavar as mãos, sair de casa apenas se for necessário, meios de prevenção) do que não pode (ter controle do que está acontecendo),

2- Busque informações confiáveis uma vez por dia,

3- Alimenta-se bem e beba bastante água,

4- Pratique pelo menos 2 ou 3x algum exercício físico mesmo que em casa,

5- Faça atividades relaxantes como ler um livro, pinturas, ouvir música, assistir filmes ou o que lhe agradar,

6- Se tiver medo, pense em outros momentos difíceis que já superou antes,

7- Se precisar, busque ajuda profissional. Não tenha vergonha!

O que aumenta a Ansiedade durante a Pandemia:

1- Pensar e falar constantemente na doença,

2- Informações em excesso,

3- Pensamentos relacionados à morte sobre a doença,

4- Acreditar em tudo que lê na internet sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *